terça-feira, abril 08, 2014
0
SEM CONDENAÇÕES, ELE PREENCHE O REQUISITO DE REPUTAÇÃO ILIBADA

Indicado para ministro do Tribunal de Contas da União, na vaga aberta com a aposentadoria do ministro Valmir Campelo, o senador Gim Argello (PTB-DF) afirma que não tem condenações na Justiça e dispõe de todas as certidões negativas que o habilitam ao critério de “reputação ilibada” para assumir o cargo. A afirmação do senador ao Diário do Poder  é uma resposta aos seus críticos.

Gim Argello deverá ser sabatinado no Senado nesta terça-feira (8), passo essencial para que seu nome venha a ser referendado pelo plenário. A vaga é destinada a representante do Senado Federal. Integrante da chamada “governança” da Casa, Gim Argello é um dos políticos mais influentes do País, privando da amizade pessoal da presidenta Dilma Rousseff e do presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros.

A vaga surgiu após a aposentadoria precoce do ministro Valmir Campelo, revelada com exclusividade pelo jornalista Claudio Humberto,  sexta-feira (4), em sua coluna no Diário do Poder. Campelo poderia ter ficado no cargp atºe 23 de outubro, quando completa a idade-limite de 70 anos de idade, mas decidiu aceitar convite de Dilma para assumir a vice-presidência de Governo do Banco do Brasil.

FONTE

0 comentários:

Postar um comentário