quinta-feira, agosto 09, 2018
0
O advogado Ibaneis é o candidato a governador pelo MDB e empresário Paulo Octávio, candidato ao Senado pelo PP


POR: WALTER BRITO

   O MDB velho de guerra voltou aos tempos áureos, um dia após os 82 anos de Joaquim Domingos Roriz, que, ao lado de Ulisses Guimarães, foi sem dúvidas um de seus maiores guerreiros. O fato se deu na convenção do MDB no último domingo, dia 5, quando cerca de 6 mil pessoas de todos os cantos de Brasília aplaudiram Ibaneis Rocha como candidato do Movimento Democrático Brasileiro ao governo de Brasília.

Ibaneis Rocha na convenção MDB
   Notamos no auditório da LBV a presença maciça das mais importantes lideranças de Samambaia, Ceilândia, Taguatinga, Gama e outras cidades, entre as quais muitas que trabalharam com Joaquim Roriz por décadas. Uma delas, abordada pela reportagem, foi a Dona Maria Antônia Elizeu, 72 anos e comerciante em Samambaia. Questionada pelo Diário da Manhã sobre sua presença na convenção do MDB, ela argumentou: “Todos nós seres humanos temos nossas referências. Joaquim Roriz é a referência de minha família e da maioria das famílias de Samambaia. Ele criou nossa cidade e ganhamos o terreno onde moro e o espaço comercial com que ajudei a criar meus filhos. O Tadeu Filippelli sempre nos apoiou. Agora surge uma nova liderança no MDB apresentada por ele, que é o advogado Ibaneis Rocha. O discurso me agradou, principalmente quando ele disse que vai resolver os problemas de Brasília que os outros políticos não resolveram. Lembro ainda que, depois de Roriz, a nossa cidade ficou abandonada. Estou com Ibaneis desta vez, ” disse Dona Maria Antônia.

ENTREVISTA COM SEVERINO CAJAZEIRAS

Severino Cajazeiras
   Conversamos também com o advogado mais popular de Brasília e professor de Direito Tributário, Severino Cajazeiras. Ele também opinou sobre a convenção do MDB e a candidatura de Ibaneis Rocha ao governo de Brasília: “ Tive o privilégio de ter sido professor de Ibaneis Rocha na faculdade de Direito, bem como sou professor de três gerações de operadores do Direito no DF. Por isso eu conheço bem o Ibaneis e conheço como a maioria dos advogados de Brasília avalia a conduta do brasiliense e piauiense Ibaneis Rocha. Ele nasceu em Brasília, mas passou sua adolescência na cidade de Corrente, no Piauí. Ao se formar em Direito no DF, ele venceu os obstáculos da vida por meio de sua luta diária e dedicação a nossa honrada profissão de advogado. Depois de seu sucesso como advogado, Ibaneis foi, sem dúvidas, um dos melhores gestores que a OAB/DF teve. Na ocasião fui o seu vice-presidente e sei da importância de seu trabalho para a advocacia e para os advogados. Ibaneis mostrou sua competência também como conselheiro nacional da OAB, enquanto lá esteve. Agora percebo que chegou a hora de ele ajudar a cidade que ama e onde criou seus filhos. A sua simplicidade, lealdade e honradez, certamente ajudarão a conquistar os votos do povo de Brasília. Acredito que nossa cidade vai ganhar, tendo como gestor um homem sensível e que gosta de ajudar as pessoas como Ibaneis Rocha. Além disso, ele é um grande executivo e totalmente desvinculado da velha política que sempre atrapalhou o progresso de Brasília. Notei a presença significativa na convenção das pessoas que gostam do Roriz e o acompanharam por muitos anos. Nestes dois meses de campanha, a população de Brasília vai perceber quem é Ibaneis e acredito firmemente que parte significativa de todos os segmentos de nossa sociedade vai dar as mãos ao novo líder do MDB. Sou também candidato a deputado distrital pelo Avante. Acredito, ainda, caso Ibaneis seja eleito, que ele fará o povo desta cidade sorrir por meio de uma gestão moderna e comandada por quem nunca foi político, ” concluiu Severino.

ENTREVISTA COM O PRESIDENTE DO PSL, NEWTON LINS
Newton Lins PSL
   Outro nome que encontramos nos corredores da LBV durante a convenção do MDB foi o advogado Newton Lins, presidente do PSL no DF. Ele deu sua opinião sobre a convenção do MDB: “A convenção do MDB foi espetacular. Vejo que o partido está conduzindo muito bem o processo que tem o objetivo de eleger o meu colega advogado Ibaneis Rocha para o governo do Distrito Federal. O Avante vem dando uma contribuição fundamental, quando ofertou um vice de qualidade, que é o empresário brasiliense Paco Brito. Somos portanto cinco partidos na coligação: MDB/Avante/PP/PPL/PSL. Brasília agora tem condições de ter sua história política passada a limpo, quando teremos equilíbrio depois deste momento de instabilidade política e administrativa, protagonizado pela atual administração e outras ao longo dos últimos anos. Sou candidato a deputado federal pelo PSL e apoio Ibaneis para o Palácio do Buriti. Ibaneis é um apaziguador, tem autonomia e independência para falar e decidir. Sua candidatura é forjada para vencer. No plano nacional estou com Jair Bolsonaro para Presidência da República,” concluiu Newton Lins.
   Foi com esse entusiasmo e clima festivo no auditório da LBV, que se deu a convenção que homologou Ibaneis Rocha (MDB) para o governo, Paco Brito (Avante) para vice-governador, Paulo Octávio (PP) para o Senado, João Pedro Ferraz  (PPL), para o Senado.
   Os 30 mil advogados de Brasília prometem convencer a classe média a votar no renomado advogado de 46 anos, Ibaneis Rocha, que nasceu em Brasília e tem raízes profundas no Piauí. Desta forma, Ibaneis poderá ter também o apoio da colônia piauiense e dos representantes das classes sociais menos favorecidas representadas na convenção do MDB. Esse público mostra claro suas afinidades com Ibaneis. Percebe-se, portanto, que será uma eleição bastante disputada.

MAIS 11 CANDIDATOS AO GDF
Eliana Pedrosa
   Por outro lado, vale lembrar que a candidatura de Eliana Pedrosa (Pros), que tem Alírio Neto (PTB) como vice, começa a ganhar visibilidade com a desistência de Jofran Frejat (PR). Eliana conta com os seguintes partidos: Pros/PTB/PMN/PMB/PTC/Patriota/PHS. A via alternativa comandada por Cristovam (PPS), que tem o ex-governador Rogério Rosso (PSD) como candidato ao Buriti, é outro projeto que promete crescer e empolgar a militância. A coligação que apoia Rosso tem os seguintes partidos: PSD/PPS/PRB/Podemos/Solidariedade/PSC. A candidatura do coronel da reserva Alberto Fraga (DEM) tem tudo para caminhar firme rumo ao Buriti, pois Fraga teve votação expressiva para deputado federal na última eleição. O apoio de Arruda certamente dará consistência ao projeto de Fraga, que tem Izalci Lucas (PSDB) como candidato ao Senado. Estão com Fraga e Isalci, o PR e o DC. O PT apresentou Júlio Miragaya, para a disputa do Buriti, enquanto que o PSOL apresentou Fátima Sousa. Apoia também a candidata do PSOL o PCB. No PSTU, o professor da rede pública, Antônio Gullen, disputará o governo. O PCO terá como candidato ao GDF o bancário Renan Rosa. Já o PRTB lançou o major do Corpo de Bombeiros, Paulo Thiago, para o Buriti, e o PRP contará com o general da reserva do Exército, Paulo Chagas. O Partido Novo escolheu em convenção o empresário e herdeiro do grupo Giraffas, Alexandre Guerra. Por último, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB), cuja coligação é formada por quatro legendas: PSB/REDE/PV/PCdoB.

Rogério Rosso convenção-PSD
Alberto Fraga
General Paulo Chagas

Alexandre Guerra

   Acreditamos que será uma eleição de dois turnos, quando direita e esquerda estão divididas. Desta forma, o maior favorecido é o atual governador Rodrigo Rollemberg, que disputa a reeleição. Apesar de ter índice de rejeição alto, o governo de Rollemberg não se envolveu em casos de corrupção e conta com quadros na majoritária que podem balançar o eleitorado, como Leila do Vôlei, candidata ao Senado pelo PSB, e Chico Leite, do Partido Verde, também candidato ao Senado. Chico, junto com seu prestígio pessoal, leva o apoio da presidenciável Marina Silva, muito querida na capital brasileira.
Rodrigo Rollemberg- PSB

PT DE BRASÍLIA CRESCE NO FINAL
Júlio Miragaya-PT
   Outra questão a ser analisada na disputa da eleição que se aproxima é o desempenho do Partido dos Trabalhadores - PT, que sempre falou alto nas eleições de Brasília e costuma crescer na reta final. As candidaturas das velhas raposas do PT, que disputarão vagas no parlamento distrital, como Geraldo Magela, Arlete Sampaio e o próprio Chico Vigilante, que aliás lidera a maioria das pesquisas para a Câmara Legislativa do DF, podem fazer a diferença e potencializar a candidatura do desconhecido Miragaya. Nesta seara existe no seio da família vermelha de Brasília um sentimento pela prisão de seu maior líder, o ex-operário Luiz Inácio Lula da Silva. Esta também é uma questão que se alia às demais para que o PT tenha uma boa performance nas eleições de outubro no DF. As candidaturas do general Paulo Chagas (PRP) e do empresário Alexandre Guerra (Novo) ainda não mostraram potencial de crescimento. As demais participam do jogo democrático para marcar posição.
   A candidatura do advogado Ibaneis Rocha, obviamente, mexe com muita força no tabuleiro da política candanga. O tempo de televisão da coligação é significativo e, se bem usado, ajudará o advogado a ficar conhecido pelo grande público. O fato de Ibaneis nunca ter sido um político o diferencia dos demais que disputam com chances de crescimento. Entre todas as convenções realizadas no DF, a que mais empolgou o eleitor foi a do MDB. A sorte está lançada e Brasília tem um leque de 12 opções para decidir quem fica com o voto do povo no dia 7 de outubro. Que vença o melhor!

0 comentários:

Postar um comentário