sábado, fevereiro 08, 2014
0
Joaquim Roriz e José Roberto Arruda


   A reunião entre os ex-governadores de Brasília, Joaquim Roriz (PRTB) e José Roberto Arruda (PR), ocorrida no final de janeiro em Goiânia na residência de Marconi Perillo foi muito produtiva. Foram definidas estratégias fundamentais para a disputa do Palácio do Buriti no mês de outubro. Entre os pontos-chave da conversa, se destaca a decisão em que Roriz tem preferência como cabeça de chapa. Vale lembrar que o ex-governador é o primeiro colocado em todas as pesquisas nos últimos meses, inclusive, na pesquisa do Instituto O Parlamento/Cristal Pesquisas, publicada no jornal  Diário da Manhã no final de dezembro de 2013. A pesquisa indica que Roriz obteve 30,90% de intenção de votos, enquanto que Reguffe (PDT) ficou em segundo lugar com 19,18%. José Roberto Arruda pontuou com 11,59% e em terceiro lugar; enquanto que Eliana Pedrosa 8,45%; Agnelo Queiroz (PT) ficou 7,31% e Rodrigo Rollemberg pontuou com 6,63%. Na mesma pesquisa, Arruda ficou em primeiro lugar na pergunta estimulada para deputado federal, com 12,86% de intenção de votos, enquanto que a filha de Roriz, a deputada federal Jaqueline Roriz (PSC) se classificou em segundo lugar com 9,77%.

   O encontro entre os dois líderes da oposição brasiliense na residência do governador goiano definiu também que, no caso de Roriz ser o cabeça de chapa, Arruda indicará o vice. Vale lembrar que já foi cogitada a possibilidade de Flávia Arruda, esposa de José Roberto Arruda ser a vice de Roriz. Flávia está filiada no mesmo partido do marido, o Partido da República (PR).

   Outra possibilidade seria a desistência de Roriz como cabeça de chapa. Nesse caso, o ex-governador Joaquim Roriz indicará o vice do Arruda. Comenta-se nos bastidores da política candanga, nesse caso, a possibilidade da vice ser a deputada distrital Liliane Roriz (PRTB), filha mais nova de Roriz.

   Acreditamos que com a união dos dois maiores líderes da oposição em Brasília, as demais pré-candidaturas de oposição ao GDF perderam força.

   Falamos com Joaquim Roriz pelo telefone na última quinta-feira, dia 06/02, quando ele disse que sua pré-candidatura ao GDF continua firme: “Estou feliz com todas as pesquisas que me colocam em primeiro lugar na disputa pelo GDF. Estou conversando com o grupo político que me acompanhou nos 13 anos que governei o Distrito Federal. Acredito na união do grupo e minha candidatura continua firme e inabalável. Estou muito animado!”, concluiu.

0 comentários:

Postar um comentário