quinta-feira, março 27, 2014
0

A presidenta Dilma já se preparava para comprar o novo vestido vermelho para a posse de reeleição no Planalto, mas Pasadena vira seu pesadelo.

A refinaria localizada no Texas, nos Estados Unidos, foi adquirida pelo belga Albert Frère por US$ 42,5 milhões, e vendida à Petrobras no ano seguinte, pela bagatela de US$ 360 milhões, com o aval de Dilma Rousseff. O imbróglio fez a Petrobras investir US$ 1.18 bilhões. Vale lembrar, que Dilma recebeu R$ 1,55 milhão da Tractebel para sua campanha política. A empresa é controlada pelo bilionário belga Frère, o mesmo que financiou a campanha da presidenta brasileira.

Tudo indica que Aécio Neves vai mandar fazer o terno, enquanto que Dilma guardará o tecido do vestido novo na gaveta de sua costureira.


0 comentários:

Postar um comentário