sexta-feira, abril 04, 2014
0
Deputado Pedro Chaves, Júnior Friboi e o deputado Francisco Gedda

Por: Walter Brito

A eleição só acontece no dia 5 de outubro, mas o carro-chefe de todas as pré-candidaturas aos governos dos estados brasileiros; dá sinais de que será em Goiás, com a pré-candidatura de Júnior Friboi do PMDB. Quem vê Roberto Carlos na televisão Brasil afora, afirmando que voltou a comer carne, por que é um produto Friboi, se lembra logo do megaempresário que revolucionou o comércio de carnes do mundo. Quem comanda o reinado musical nBrasil e na América Latina há 55 anos, sabe tudo de marketing, portanto Roberto Carlos não é inocente e tem consciência de que é o âncora da pré-candidatura de Friboi ao governo goiano.

O mais famoso marqueteiro político de nosso país, o Duda Mendonça, o mesmo que inventou o “Lulinha paz e amor”, está com a barraca montada no centro de Goiânia e planeja estratégia para o crescimento de Friboi rumo ao Palácio das Esmeraldas, bem como o fortalecimento da dobradinha com o velho cacique da política goiana, Iris Rezende. Friboi almeja vê-lo disputando o Senado ao seu lado.

Entrevistamos dois deputados importantes no processo sucessório em Goiás: o deputado estadual Francisco Gedda, presidente do PTN goiano e o deputado federal Pedro Chaves, detentor de cinco mandatos parlamentares pelo PMDB. Vale lembrar, que Gedda foi o primeiro político a acreditar no projeto de Friboi. Desde 2011, ele percorre o estado acompanhando o empresário candidato. “Dos oito partidos da oposição em Goiás, sete querem apoiar Júnior Friboi para governador. Observo também que a maioria do PMDB está firme e forte com Júnior. A sua pré-candidatura rumo ao Palácio das Esmeraldas pegou muitos caciques da política goiana de surpresa, pois achavam que ele não se viabilizaria como candidato majoritário. Quebraram a cara! Ele se viabilizou e já começa a cair na graça do povo goiano, o que se dá de forma muito forte. Durante os três anos que viajei com ele, quando fomos a todos os municípios do Estado, Júnior construiu uma relação sólida com o povo goiano; nem só com seus líderes políticos, mas com crianças, jovens, adultos e idosos em todos os segmentos sociais, que se aproximam de Júnior para dizer que querem mudanças na gestão administrativa de GoiásRessalto ainda, que as pessoas ouviam falar do empresário que começou a vida com um pequeno frigorífico em Anápolis e depois filialno Entorno de Brasília. Ele transformou sua empresa numa das mais bem-sucedidas do mundo, e presente nos cinco continentes do planeta Terra. Por isso, muita gente acreditava que Friboi seria uma pessoa arrogante e inacessível. Hoje, Goiás sabe que o nosso pré-candidato gosta de gente. Nas suas empresas, ele investiu no ser humano de forma exemplar e, se mistura com todos os segmentos da sociedade, falando a linguagem que o povo quer ouvir, com muita simplicidade. Trata-se da linguagem da mudança; do pleno emprego; da energia elétrica abundante em todos os municípios; da fartura no campo e na cidade; da segurança pública de qualidade; da dignidade na saúde e educação e, do crescimento econômico de nosso Estado de Goiás”, disse.

Questionado sobre a pré-candidatura já colocada do prefeito de Anápolis, Antônio Gomide (PT), Gedda disparou: “A candidatura de Gomide é legítima. Certamente sua candidatura pelo PT facilitará o segundo turno, inclusivepromete tirar preciosos votos de Marconi em Anápolis. O nosso desejo é que estivéssemos juntos no primeiro turno, ou seja, a união de todos os partidos da oposição. Entendo que a unidade na diversidade é fundamental, estratégica e inteligente. Mesmo que tenhamos pensamentos diversos, precisamos da unidade em prol do povo goiano. Se não for possível essa unidade, vamos conversar com todo mundo que não estiver satisfeito com o combalido governo Marconi Perillo. Nessas conversas, incluiremos o empresário Vanderlan Cardoso do PSB e o líder do DEM Ronaldo Caiado”, concluiu.

O deputado federal do PMDB Pedro Chaves, considerado por muitos o governador do Entorno e do Nordeste goiano, recebeu reportagem do Diário da Manhã em seu gabinete e disse: “Estou acompanhando de perto o Júnior Friboi em várias cidades do interior. As visitas têm sido altamente produtivas e consolida de forma efetiva sua pré-candidatura. Ele está sendo bem recebido e a militância no interior está muito animada. Friboi já está oficialmente declarado como pré-candidato do partido por meio de apoio unânime da área executiva estadual. Vejo que está sendo importante a visita de Júnior aos municípios, ouvindo as lideranças e preparando seu projeto de governoReferente aIris Rezende, as pesquisas o indicam para o Senado como alguém quase imbatível. Entretanto, ele ainda não se decidiu. Aguardamos com grande expectativa o sim do líder maior de nosso PMDB no estadopois Iris será importante para Goiás e Brasil, no Senado da República.”, arrematou Pedro Chaves.

0 comentários:

Postar um comentário