terça-feira, abril 15, 2014
0
Paulo Skaf e Duda Mendonça


O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, deu nesta semana o primeiro passo para o lançamento de sua candidatura ao governo de São Paulo. O dirigente da entidade industrial, filiado ao PMDB, encaminhou na última segunda-feira à Presidência da República pedido de desligamento do CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social), o Conselhão.

Para disputar uma eleição, a Lei Complementar nº 64/90 determina que conselheiros de entidades mantidas pelo poder público devem deixar o posto seis meses antes do pleito, ou seja, até ontem (6). O peemedebista também pediu seu desligamento do Conselho da Cidade de São Paulo.

Em pré-campanha, Paulo Skaf reforçou nos últimos dias as viagens ao interior de São Paulo, em agendas como dirigente das entidades que preside, como o Sesi (Serviço Social da Indústria) e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). Nesta quarta-feira, por exemplo, ele viajou a 
Franca (SP) para visitar obras do Sesi.

O publicitário Duda Mendonça se mudará para a capital paulista no período eleitoral e será o responsável pelo marketing da campanha do PMDB ao governo de São Paulo, que terá como mote o discurso do novo.

A expectativa é de que Paulo Skaf se licencie do comando das entidades que preside em 02 de junho.

0 comentários:

Postar um comentário