sábado, julho 05, 2014
0

Por: Walter Brito


Zuñiga e Neymar

Galvão Bueno e Patrícia Poeta, apareceram assustados ontem, no Jornal Nacional, para anunciar que Neymar estava fora da Copa. O drama do craque brasileiro, que tinha a Copa do Mundo para potencializar sua carreira, inclusive poderia levá-lo ao pódio como melhor do planeta, comoveu milhares de pessoas mundo afora. A atitude criminosa e covarde do jogador Zuñiga da Colômbia, parou o melhor jogador da seleção brasileira e o deixou fora da Copa.

Atletas, personalidades, imprensa e populares dos quatro cantos do mundo, se manifestaram por meio de mensagens, apoiando o garoto da Vila Belmiro, contratado a peso de ouro pelo Barcelona.

O juiz espanhol Carlos Velasco Carballo, sequer deu cartão amarelo para o brutamonte colombiano, que por meio de uma desculpa esfarrapada na TV, disse que não teve a intenção de machucar Neymar e, defendia de acordo com a sua obrigação, as cores da bandeira colombiana. Para os mais radicais, que se manifestaram a favor de Neymar; sugeriram que Zuñiga tirou o atleta brasileira da Copa, em troca de dinheiro da Alemanha, time que o Brasil enfrentará na semifinal do mundial no dia 08 de julho, terça-feira. Entendemos que, no mínimo a FIFA tem que dar o mesmo castigo dado ao mordedor uruguaio Luis Alberto Suárez, que foi apenado pela instituição presidida pelo senhor Joseph Blatter; com ausência de nove jogos, quatro meses longe do futebol e uma multa de US$110 mil.

O fato é que, o Brasil se entristeceu com a pancada que fraturou a terceira vértebra da coluna de Neymar, que continuará acompanhando o scratch brasileiro, mas imobilizado por uma cinta lombar especial, cujo tratamento da lesão deve se estender por quase dois meses. A exemplo de Pelé, que é o ídolo de Neymar, o atleta do século se machucou no mundial de 1962, quando foi substituído por Amarildo. O Brasil tornou-se bicampeão e, Pelé permaneceu na concentração, dando total apoio aos jogadores. Assim fará Neymar!

Parafraseando o ex-presidente Lula, concordamos que o melhor do Brasil é de fato o brasileiro. Nesse sentido, enquanto a ficha cai, brasileiros de todos os quadrantes se unem aos atletas da seleção, para um outro compromisso; o de ganharmos a Copa para Neymar! Ninguém quer ver desfeito o sonho do menino da Vila Belmiro e, todo brasileiro quer ser Hexa campeão, principalmente se a final for contra a Argentina. Que venha a Alemanha. Avante Brasil!

0 comentários:

Postar um comentário