segunda-feira, maio 11, 2015
0



Cerca de trinta pessoas fizeram um panelaço contra a presidente Dilma Rousseff durante o casamento do seu cardiologista, o médico Roberto Kalil, com a endocrinologista Claudia Cozer, realizado no bairro do Itaim Bibi, São Paulo, na noite de sábado (09).
 Foto: Chello / Futura Press Foto: Chello / Futura Press
Manifestantes fazem panelaço próximo ao Leopolldo, salão de festa onde foi festejado o casamento do médico de Dilma, Roberto Kalil
Foto: Chello / Futura Press
Manifestantes levaram faixas, apitos e panelas para protestar conta a presidente
Foto: Chello / Futura Press
A manifestação foi organizada no exterior do Salão de Eventos Leopolldo, onde foi celebrado o matrimônio, do qual Dilma foi madrinha. Carregando faixas que diziam "Pela abertura da caixa preta do BNDES" e "Pela investigação total de Dilma e Lula", o grupo bateu panelas, soprou apitos e entoou cantos que diziam "Fora PT e "Dilma Ladra".
Também estiveram no evento o ex-presidente Lula, os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RJ), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-RJ) e o prefeito da capital paulista, Fernando Haddad (PT), entre outros convidados.
 Foto: Rosangela Lyra / Instagram
Foto tirada durante a cerimônia mostra o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip, a presidente Dilma, o ex-presidente Lula e a esposa Marisa
Foto: Rosangela Lyra / Instagram
 Foto: Chello / Futura Press
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmim, chega ao casamento do cardiologista Roberto Kalil
Foto: Chello / Futura Press
 Foto: Chello / Futura Press
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, foi um dos dos convidados do casamento
Foto: Chello / Futura Press

0 comentários:

Postar um comentário