quinta-feira, novembro 30, 2017
0
Baldy quer ser governador em 2018 sim!

Por: Walter Brito
As elites, em qualquer lugar do mundo, almejam o poder político. No Estado de Goiás não é diferente. O senador Ronaldo Caiado (DEM) é oriundo das elites ruralistas e lidera as pesquisas para governador com mais de 30% de intenção de votos, enquanto que Zé Eliton não passa de 10%. Este, nos últimos anos, pensa que também pertence às elites goianas; entretanto, os endinheirados goianos ainda não o aceitam como tal. Bem diferente do menino pobre que saiu da cidade de Palmeiras do interior de Goiás e se enfronhou no gabinete do então governador Henrique Santillo e por lá se fez. Menino esperto e atento, risonho e bem-apessoado, rapidamente Perillo foi percebendo como se comporta a elite, pois ele queria participar dela.

Caiado é oriundo das elites ruralistas de Goiás

O palmeirense teve seu primeiro cargo de importância como presidente do PMDB jovem. Elegeu-se deputado estadual, deputado federal e foi o azarão da eleição de 1998, quando cercado pelas elites da direita derrotou Iris Rezende.
Depois de quatro mandatos como governador, Perillo garantiu o seu lugar cativo na elite goiana. Ele tenta galgar voos maiores e chegar à elite brasileira. Recentemente, ameaçou ser o presidente nacional do PSDB e perdeu o posto para Geraldo Alckmin, que provou que além de ser da elite política, ele é mais parecido que Marconi com os poderosos da elite econômica do país.
Zé Eliton, oriundo da cidade de Posse, em Goiás, tem a mesma pretensão de Marconi Perillo; contudo, Alexandre Baldy, que já é amigo de Michel Temer, inclusive é o poderoso ministro das Cidades, certamente se acha mais parecido com as elites nacionais que o próprio Marconi.

Zé Eliton sabe que pode ser substituído no decorrer da campanha por Perillo!


Por isso, tudo indica que ele almeja ser o Perillo de 1998 e tornar-se o comandante-mor da principal cadeira do Palácio das Esmeraldas.
Caiado, que lidera as pesquisas, deve estar com as barbas de molho. Ele, como elitista de proa, conhece bem como funciona o jogo da casta que comanda o Brasil há mais de 500 anos. Baldy, como ministro do governo Temer, terá todas as facilidades para unir a maioria dos partidos de oposição e ainda tomar alguns de Caiado. Como Marconi é um animal político, poderá pensar duas vezes se seu candidato para governador em 2018 será mesmo Zé Eliton ou Baldy. Ou até mesmo optar pelo seu mais ferrenho adversário nos últimos 20 anos, Iris Rezende Machado.

Iris Rezende poderá voltar aos velhos tempos - Perillo tem tudo para indicá-lo como tertius em 2018


O leitor, que de um modo geral não é bobo, sabe que para ocupar cargo majoritário no Brasil, o candidato tem que pertencer e parecer que é um elitista, com raríssimas exceções!

0 comentários:

Postar um comentário