quinta-feira, abril 26, 2018
0

Cristovam mostra a sua bandeira - Educação é progresso


(Fotografias - Roni Souza)

Por Walter Brito

O agora ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) esteve em Brasília ontem, 25 de abril, quando visitou o senador Cristovam Buarque (PPS) e conheceu a bandeira brasileira com a seguinte frase: “Educação é progresso”. O presidenciável Geraldo Alckmin, que de acordo com o Instituto de Pesquisa Phoenix pontua com 5,39% de intensão de votos e em quinto lugar, não fez uma visita à toa. O senador Cristovam, primeiro colocado para a reeleição no Distrito Federal, cujo percentual de intensão de votos varia entre 13% e 17%, certamente seria um apoio fundamental para Alckmin decolar. Talvez por isso, Alckmin posou para a fotografia ao lado do defensor inconteste da educação em nosso país, de forma tão descontraída!

Cristovam recebe Alckmin na Comissão de Educação do Senado

            Vale ressaltar que, a priori, Cristovam também é pré-candidato ao Palácio do Planalto, entretanto o seu partido, o PPS, sob o comando do coestaduano de Cristovam, Roberto Freire, prefere apoiar o governador de São Paulo, que não mostrou ainda carisma suficiente para levantar voo. Como homem de fino trato e educação mais que refinada, o senador brasiliense fez as honras da casa e estendeu tapete vermelho para o ex-governador de São Paulo percorrer os corredores do Congresso Nacional.

A bandeira localizada na entrada do gabinete do Cristovam


É importante lembrar que Cristovam Buarque, coordenador natural da terceira via que disputará o Palácio do Buriti no pleito do mês de outubro, tem uma responsabilidade muito grande para decidir qual dos três pré-candidatos de seu grupo terá sua bênção. A partir daí, a via sob a direção do ex-reitor da UnB deverá se transformar em primeira via. São pré-candidatos: Izalci Lucas (PSDB), Alírio Neto (PTB) e Wanderley Tavares (PRB).

Alckimin tenta emplacar Izalci Lucas para o Buriti, Cristovam ainda não decidiu


A cordial visita do tucano presidenciável certamente tem o objetivo de definir o seu palanque na capital de todos os brasileiros. Izalci Lucas, que não é bobo, além de ser muito articulado com o PSDB nacional, pois derrotou Maria de Lourdes Abadia numa queda de braço que fez a tucana de longa data se transferir para o PSB de Rodrigo Rollemberg, tornou-se o poderoso da sigla de Alckmin em Brasília, mas isso não o garante como candidato do grupo. Corre por fora a pré-candidatura de Alírio Neto, que conta com o aval do presidente nacional do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson, que joga pesado com Alckmin e exige a cabeça de chapa para o delegado aposentado e ex-deputado distrital Alírio Neto. Em Mateus 20, a Bíblia diz que os últimos serão os primeiros. O evangélico Wanderley Tavares (PRB) talvez seja o último colocado em uma pesquisa quantitativa, por ser desconhecido na política e do grande público. Entretanto, em qualquer pesquisa qualitativa séria, feita no Distrito Federal, o nome de Wanderley Tavares é o melhor para ser carregado por Cristovam Buarque e o campeão de votos na capital brasileira, senador Antônio Reguffe (sem partido).

Roberto Jefferson esteve com Alckmin, quando exigiu cabeça de chapa para Alírio em Brasília


Portanto, o encontro do ex-governador paulista Geraldo Alckmin e do senador Cristovam Buarque poderá ter sido na tarde de ontem o encontro de dois homens importantes da nação brasileira, ambos que serviram e servem os seus estados com muita sabedoria. Contudo, no que diz respeito à definição de um palanque no DF para o ninho tucano, certamente muitas águas ainda correrão por debaixo da ponte do Lago Paranoá.

Wanderley Tavares PRB - tem o apoio de 70% dos evangélicos e o melhor perfil para enfrentar Rollemberg

0 comentários:

Postar um comentário