sexta-feira, agosto 23, 2019
0
Heitor é o representante da juventude do DEM no Entorno do DF. Heitor será o candidato de Caiado em Cristalina



Por: Walter Brito

Cansada de desmandos, a centenária Cristalina de Goiás, que completou 103 anos no último 18 de julho, sente que as pernas ficam mais firmes quando os seus filhos permanecem lutando pela cidade ou retornam depois de adquirir conhecimentos em outras plagas. Muitos vão, mas voltam, pois o coração fala mais alto e a paixão eterna, tanto pelos pais, irmãos e demais parentes que ficaram na cidade, como também pelos amigos de infância e da juventude plena.
 Aquele próspero pedaço de chão goiano teve seus recursos naturais e suas terras férteis ceifadas por estranhos, ao tempo que enriqueceu muitos que se foram e nem um até logo deram ao município que ainda hoje vê seu povo em ruas esburacadas, asfaltos de baixa qualidade e esgotos a céu aberto e poucas opções de empregos para sua juventude. Cada governante que lá passa faz promessas que não cumpre. Entretanto, ainda existem esperanças!
É neste momento importante em que se aproxima o pleito eleitoral, que Cristalina para, reflete e percebe que, embora seja notícia na mídia do país como capital do agronegócio no Centro-Oeste brasileiro, e a beleza de seus minerais que encantaram o mundo; a realidade é bem diferente, onde o filho chora e a mãe pode fazer muito pouco. Ainda assim, os cristalinenses mais otimistas e dispostos a desafios olham para o futuro com muita confiança.
 Esses guerreiros aproveitam os erros cometidos por salvadores da pátria sem compromissos, inclusive os que se foram e passam por lá como visitas, aproveitadores, depredadores e à procura da caça para abater. Existem também os cristalinenses que desejam o desenvolvimento municipal e se preparam para o momento certo.
Nessa seara, Cristalina é dona de uma juventude vibrante, disposta a brigar por dias melhores pelo povo altaneiro de uma das cidades mais importantes da região que circunda a capital brasileira e distante 120 km do Palácio do Planalto. Trata-se de uma juventude forjada na luta pelo saber, aliada ao trabalho árduo, que não é somente o cabo da enxada que no passado fez famosa a Serra dos Cristais. Refiro-me aos jovens empreendedores, comerciantes, jovens e arrojados fazendeiros, investidores no mercado financeiro, médicos, dentistas, engenheiros, advogados, entre outros, que dizem em coro: “Cristalina agora vai!”.
O jurista cita Ruy Barbosa em seu discurso de posse na PUC de Goiás 

 Entre esses jovens, eu destaco para a reportagem de hoje o jovem advogado Heitor de Sousa Soares, admirado pelo governador Ronaldo Caiado desde sua tenra infância. Com muita sabedoria e política nas veias, foi aos 18 anos candidato ao Parlamento Municipal de Cristalina. Os duzentos e poucos votos recebidos naquela eleição de 2012, incentivaram o jovem adolescente a conhecer outras disputas e participou efetivamente da eleição que elegeu Ibaneis Rocha presidente na OAB-DF em novembro de 2012.
Na mansão do bem-sucedido advogado, na última reunião que o faria presidente, o jovem cristalinense disse ao hoje secretário do GDF junto à comunidade, Severino Cajazeiras: “Eu quero ser advogado como você e o Ibaneis. É isso que vou ser”. Disse. Partiu para Goiânia à procura de um novo caminho. Depois do vestibular, no qual foi aprovado entre os primeiros, o filho de Cristalina se destaca por sua inteligência, responsabilidade e sempre comprometido com o progresso de Cristalina e região, Goiás e o Brasil.
Eis que o sonho vira realidade: “Os cinco anos da faculdade passam mais rápido do que imaginei”, disse o jovem a este repórter. Nesse dia, imbuído de muita emoção, pois tinha sido escolhido por seus pares na PUC de Goiás como o orador, Heitor se torna protagonista da sua turma de formandos. Em seu badalado discurso, discutido pelos estudantes de Direito, nem só da PUC, mas pelos estudantes que faziam Direito em Goiânia em outras universidades.
O audacioso jovem cristalinense cita o jurista Ruy Barbosa, que foi convidado para ser paraninfo da turma de formandos em Direito de 1920 da Universidade de São Paulo, conhecida como Universidade do Largo do São Francisco. O discurso, escrito pelo Águia de Haia que, impossibilitado de comparecer ao evento, foi lido pelo professor Reinaldo Porchat em março de 1921, intitulado Oração aos Moços.
O orgulho de Dona Dina, ao lado do filho advogado

Heitor se referiu aos ensinamentos do famoso jurista com muita categoria ao citar os arroubos da juventude, quando muitos jovens trocam os livros pelas badalações, os botecos e a vida boêmia, e acabam se perdendo no momento mais fértil para adquirir o saber. Dessa forma sofisticada, Heitor fez o chamamento dos goianos de todos os rincões para, junto com ele, fazerem acontecer, com foco nas palavras do maior gênio do saber jurídico de nossa história.
Eis que, formado e vivendo de sua luta diária na advocacia, o filho de dona Ana Bernardina, a popular dona Dina, recebeu o diploma de Honra ao Mérito, em sessão especial em homenagem ao Dia Internacional da Juventude, na Câmara Municipal de Goiânia.
Heitor é sempre lembrado pela luta incansável no movimento estudantil em Cristalina, ocasião aliás em que tive o prazer e a satisfação de entrevistá-lo em um programa de rádio que movimentou as manhãs de sábado, no final de 2011 e primeiro semestre de 2012, na Capital do Agronegócio do Centro-Oeste brasileiro. O jovem realizador e jurista de proa está empenhado na estruturação da comissão da advocacia na subseção da OAB em Cristalina com o mesmo empenho que o fez líder do movimento estudantil da PUC e conselheiro estadual na vaga destinada à OAB-Goiás.

Heitor ao lado do saudoso padrinho Miramar. Este foi um dos mais importantes empresários da história de Cristalina

Como diz o ditado popular: O bom filho a casa torna, Heitor voltou para o lar de sua querida genitora, dona Dina, e se preocupa com melhores dias para os seus conterrâneos e o avanço de sua terra natal. Agora ele está ao lado da mãe, dos irmãos, demais entes queridos, amigos e conterrâneos com os quais conviveu na tenra infância, e outros que o ajudaram a dar os primeiros passos na escola infantil e o orientaram na adolescência, e outros que o viram correr pelos campos daquela terra que Deus abençoou com muita água e terra fértil.
Tudo indica que num futuro próximo, Heitor Soares de Sousa estará nos braços do povo, como ele mesmo diz em alto e bom som: “Fui para Goiânia estudar e agora retornei ao município para contribuir”. Como sabemos, a Nova Ordem Mundial exige mudanças constantes, e chegou a vez de Cristalina ver, ouvir e participar do resultado da modernidade e sabedoria de seus próprios filhos!

Heitor recebe o seu canudo de papel das mãos do Reitor da PUC e, volta para Cristalina, decidido colaborar com seu povo!



0 comentários:

Postar um comentário