sábado, novembro 21, 2020
0
Loreny Mayara Caetano  e o tenente coronel Paulo Ribeiro: juntos por uma Taubaté sem preconceito


Por: Walter Brito

Conhecemos o famoso ditado popular que nos ensina: "Nos pequenos frascos é  que estão  os melhores aromas". Claro que não  é  matemático e nem sempre isso ocorre. Mas é um apelo forte e interessante. O Brasil em tempo de Pandemia  passa por momento de tanto descrédito na política, que sem medo de errar nós  produzimos os piores candidatos de nossa história política em um segundo turno.  No Centro-Oeste brasileiro, a maioria que foi para o segundo turno é de um atraso imensurável.  O mundo evoluiu e os donos das capitanias hereditárias e sem nenhum conhecimento técnico, intelectual, vanguardista e sem comprometimento com os ditames da Nova Ordem Mundial continuam a mandar e desmandar. Raros são os que têm compromisso com um Brasil grande e desenvolvido. Como toda regra tem exceção, eis que Nossa Senhora Aparecida, milagreira e esperança  de muita gente, aponta um casal que teve força para alçar voo com dignidade  e certamente deverá vencer e honrar a história do povo brasileiro, de acordo com a análise deste escriba da política e do povo, acostumado a avaliar quadros que os grandes marqueteiros davam como perdidos e nós humildemente questionamos e indicamos o caminho certo. Dentre os quase 400 casos que analisamos nos últimos 45 anos de lutas e vitórias, um dos últimos que é também  nossa referência, a última eleição em Brasília em 2018, quando orientamos os três majoritários que venceram e cada um de um grupo político diferente: Ibaneis Rocha (MDB), que se elegeu governador;  Izalci Lucas (PSDB) senador, e Leila do Vôlei (PSB) senadora.

A Taubaté da leitura infantil promete ser a cidade mais desenvolvida e povo mais preparado para administrar no futuro  ( Monteiro Lobato)


Com menos de 400 mil habitantes, Taubaté tem dois candidatos corretos, honestos, preparados para administrar, e superaram de longe os Crivellas e Paes das grandes cidades. Trata-se da dupla Loreny Mayara Caetano (Cidadania 23) e o tenente-coronel Paulo José Ribeiro da Silva (SOLIDARIEDADE), ambos de famílias humildes, mas audaciosos e com um ponto fora de suas diversas curvas. Ex-bailarina na infância, daquelas que esperavam um bom tempo o ônibus passar para ir à academia na cidade, que sua história se confunde com a do Brasil Colônia e nos 380 anos de sua  história, a velha Taubaté. A gestora pública formada na USP e com especialidade na Universidade de Santa Catarina na mesma matéria, ela não  quer ver sua cidade igual às  outras que tiveram menos importância na história, vendo crescerem outras, e a administração de sua terra natal ficar naquele marasmo corriqueiro que nunca alcança as boas coisas: asfalto de qualidade, medicina com especialistas, inserção do município na tecnologia de Primeiro-Mundo, educação de qualidade para todos, onde o filho do peão estuda junto com o filho do rico, inclusão da mulher em todos os setores da sociedade, inclusive na política e em cargos majoritários e, mais ainda, juntos no mesmo processo de desenvolvimento: negros, pobres, idosos, LGBTQI. Acabar com a burocracia que emperra o desenvolvimento, também, entre outros. Ele, o vice e negão nordestino que entrou na PM  de São Paulo no início dos anos 80, onde combateu o bom combate. O tenente-coronel e afrodescendente entrou para a reserva como um de seus melhores quadros em todos os tempos da PM daquele Estado. O afrodescendente, tão audacioso quanto Kamala Harris, (guardadas as suas devidas proporções) é  piauiense de Teresina, o negão que assume sua etnia e, ao ir para a reserva não  se acomodou e foi para as ruas e praças conscientizar o povão  de que a polícia, embora bancada pelo Estado, é  do povo e com o povo tem compromisso. Homem da palavra fácil, português claro e escorreito,  em suas palestras mostra que a Polícia Militar de São Paulo é tão consciente e preparada que decide qualquer eleição no Estado e ajudará de forma grandiosa a escolher o próximo presidente em 2022. Nesta ordem, a capital nacional da leitura infantil, a Taubaté de Monteiro Lobato, ao que tudo indica, não  ficará apenas com o discurso de bom leitor. Por meio da gestora competente e do militar que descobriu na polícia quem eram os mandantes e quem assassinava covardemente  seus companheiros militares. Certamente, eles querem mais e transformarão a cidade para melhor, como também a capital do saber intelectual. Acredito que vencerão o pleito com votação expressiva. Ambos têm perfil que ajudarão o Brasil lá  na frente, tão  carente de gestores competentes e corajosos. Desejamos sucesso à melhor dupla de políticos em nosso país, que, embora de uma cidade pequena, se destacam pela honestidade, grandeza de seus projetos para beneficiar o povo de um país que se perdeu na corrupção, inclusive no momento em que a nação mais precisou: A pandemia da Covid 19, que transformou as secretarias de saúde de estados e municípios no maior antro de corrupção de nossa história. Que o espírito audacioso de Kamala Harris ajude o tenente-coronel Paulo a dizer com maestria e sem melindres e de forma didática à conservadora Taubaté: 

VIDAS NEGRAS IMPORTAM!

Aos 56 anos Kamala Harris derrotou o homem mais poderoso do mundo


0 comentários:

Postar um comentário