terça-feira, setembro 21, 2021
0

 Deputado Castello Branco homenageia o Rei Pelé com pronunciamento no Plenário da ALESP

 

Um dos seres humanos mais conhecidos no planeta Terra - Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé - está internado no Hospital Albert Einstein, onde se recupera de uma cirurgia para retirar um tumor do cólon. O Brasil e o mundo oram pela recuperação plena do  Atleta do Século, que marcou 1282 gols, foi tricampeão pela seleção brasileira, é o brasileiro mais conhecido no mundo em qualquer pesquisa, e foi recebido com honras de chefe de Estado nos últimos 60 anos por todos os papas, por todos os presidentes dos EUA na Casa Branca, pela rainha Elizabeth ll da Inglaterra, onde foi homenageado como Cavaleiro da Coroa Britânica -  título equivalente a "Sir", concedido apenas a ilustres nascidos no Reino Unido. 

O Rei Pelé teve uma carreira gloriosa no Santos Futebol Clube. Contudo, o filho de seu Dondinho e de dona Celeste, em 1959, aos 18 anos, teve que fazer uma pausa na carreira para servir ao glorioso Exército Brasileiro. Assim, o soldado 202 - Soldado Nascimento - segundo o Centro de Memória do Santos, Pelé sagrou-se Campeão Sul-Americano pela Seleção das Forças Armadas. Vale lembrar que, naquele tempo, eram raras as dispensas do serviço militar obrigatório e não havia excesso de contingente! Dessa forma, o Rei Pelé passou seis (6) meses junto ao VI Grupo de Artilharia Motorizada. Curiosamente, isso não o impediu de fazer o que ele mais amava, mesmo entre as pracinhas, ou seja: jogar bola. Assim, o soldado Nascimento - como Pelé era chamado, certa vez, quando foi homenageado no Exército Brasileiro, disse o seguinte:

"Fiz tudo que um soldado raso tinha que fazer: limpava coturno, engraxava, lavava roupa, ficava inclusive de sentinela, quando dei muitos autógrafos. Entretanto, sem nenhuma dúvida, o Exército foi para mim uma grande escola e certamente foi um dos pilares de nosso sucesso nos gramados do planeta Terra e nossa trajetória fora deles. Obediência e hierarquia, obviamente são fundamentos que não diminuem ninguém - ao contrário - enobrecem! Deus sempre foi generoso e misericordioso comigo! Agradeço também a bela criação que tive sob a batuta de seu Dondinho e da dona Celeste", concluiu o Rei Pelé.

Por fim, Pelé parou uma guerra na África. O feito se deu - durante uma excursão do Santos, oportunidade em que os brasileiros marcaram um jogo na cidade de Benin, na Nigéria. Naquela época, a região de Biafra se levantou contra o poder nigeriano, tentando sua independência. Houve uma trégua de dois dias nessa guerra, para que Pelé pudesse mostrar o seu futebol. O Rei, como sempre, marcou três lindos gols. Assim que o avião que conduzia o time do Santos levantou voo, a guerra recomeçou. Salve o cidadão brasileiro e cidadão do mundo Edson Arantes do Nascimento - o Rei Pelé. Desejo-lhe recuperação plena.   Deputado Estadual Castello Branco (PSL-SP).


0 comentários:

Postar um comentário