domingo, outubro 10, 2021
4


Lilian mostrou ao Brasil, por meio do programa do Sílvio Santos, o projeto Calçada da Fama, que ela tem esperança de tornar realidade

Por Walter Brito                   

As mulheres brasileiras certamente são as grandes protagonistas que contribuíram fortemente nos nossos últimos dois anos de incertezas. Elas seguraram e seguram de forma poderosa as consequências da pandemia da Covid-19 em curso, que se iniciou em março de 2020 e já matou mais de 600 mil pessoas no Brasil e quase 155 mil óbitos só no Estado de São Paulo, e não tem data para acabar. O sexo feminino desempenha o seu papel com excelência nos 27 estados brasileiros de forma surpreendente e se transforma numa história nunca vista em nossa amada pátria. Foi a mulher, de forma mais efetiva, quem minimizou e equilibrou os lares dos que perderam a vida para o vírus que assusta o planeta Terra. A mulher, com o seu jeito meigo e generoso e, com sua fortaleza, interferiu fortemente na economia nacional, e boa parte de nossas guerreiras, empregadas domésticas, diaristas, babás, faxineiras, garçonetes, cabeleireiras, porteiras, parteiras,  merendeiras, enfermeiras, médicas, advogadas, professoras, funcionárias públicas de todos os níveis, executivas, entre tantas outras, ajudaram a colocar comida em suas casas e até no que diz respeito ao sustento  muitas vezes sozinhas em seus lares. Sabemos do domínio que a mulher brasileira tem empreendido na perda de nossos entes queridos para a nefasta doença, especialmente quando seus companheiros se desequilibram. Assim, quando falta o pão em casa, ocasião em que o esposo perdeu o emprego, o seu comércio ou indústria faliu, ou seus ganhos foram ao fundo do poço, o sexo feminino não deixou por menos ao ombrear-se com seus esposos e companheiros e não deixou por menos!                              

A ESTRELA LILIAN GONÇALVES  

Lilian Gonçalves: uma mulher além do seu tempo

 

Destacamos nesta reportagem uma mulher que não nasceu na Paraíba como Anaíde Beiriz, mas uma mulher especial e também além de seu tempo, que soube fazer saborosas limonadas com um limão que a vida lhe ofertou.

 Trata-se da empresária de sucesso, cantora, escritora, patroa admirada pelas centenas de funcionárias que atuam ou já passaram por suas empresas, humanista, guerreira e filha da cozinheira do ex-presidente do Brasil, o saudoso Juscelino Kubitschek de Oliveira, com o cantor das multidões, Nelson Gonçalves. Refiro-me à Rainha da Noite Brasileira, a admirável Lílian Gonçalves.

 Mulher sábia e trabalhadora, nascida em Minas Gerais, que no início da construção de Brasília, ainda infante, enfrentou com galhardia os obstáculos e desafios que a vida lhe impôs e venceu cada uma das dificuldades que apareceram em sua frente.                                        

O PRESIDENTE ESPIRITUALISTA JUSCELINO KUBITSCHEK DE OLIVEIRA  

No Palácio Catetinho, JK profetizou que Lilian Gonçalves seria uma pessoa importante na vida

    Era só o começo da trajetória de uma mulher destemida e vencedora. Aos cinco anos, o patrão de sua genitora, o criador de Brasília, JK, ao aconchegar-lhe no colo profetizou: 

"Esta menina esperta vai ser uma pessoa importante na vida". Eis que, aos 14 anos de idade, da menina Lílian tiraram o título de Miss Brasília, pois ela tinha pressa de ser uma adulta e dona de seu próprio destino, mas a realidade cerceou da garota a conquista do título. Inconformada, a menina antenada e decidida desembarcou na capital paulista com um único objetivo: vencer ou vencer!  

A predestinada que chegou de pau-de-arara à Capital da Esperança, ainda em construção.  Intuitivamente percebeu que sua sorte e esperança distavam 1.006 km da terra prometida sonhada por Dom Bosco.        

SÃO PAULO: A CIDADE MAIS COMPETITIVA DA AMÉRICA LATINA 

Lilian sempre pensou grande, desde infante

      Eis que a então a quatrocentona Pauliceia recebe a menina esperta de 14 aninhos que, na sua primeira infância, sob o mesmo teto com a mãe, ao lado do presidente pé-de-valsa, e todos os inquilinos do histórico Palácio Catetinho, conviveram por um curto período de sua vida dentro da primeira obra criada no Planalto Central pelo genial Oscar Niemeyer. Sem saber direito quem era o pai famoso, a afilhada de Nonô pensava como ele, o filho da professora Júlia Coelho Kubitschek de Oliveira. A menina que pensava grande deixou as facilidades de uma cidade que jorrava dinheiro como se fosse leite e mel, em plena efervescência da construção da capital brasileira, para enfrentar as agruras da cidade mais competitiva da América Latina. Sua primeira morada na cidade de São Paulo foi num quarto simples de pensão e seu primeiro emprego foi como garçonete em uma lanchonete. Vale lembrar que, naquela época, mulher entrar em bar, não era proibido, mas era censurada, e todos a observariam com muita reserva e preconceito.         

 O PRIMEIRO BAR DA MENINA ESPERTA  

 Lilian  não quis saber de tais (pré) conceitos e, aos 17 anos, comprou o seu próprio bar, quando o antigo proprietário pediu-lhe para negociar com os seus pais, o que a menina esperta o questionou e disse, na lata,  que a venda seria feita  direto para ela e que cumpriria o acordo combinado a ser pago em 72 pagamentos, o que foi rigorosamente cumprido pela garota descoberta por aquele ser diferente e espiritual, que se emocionava ao ouvir a canção "Peixe Vivo".             

 LEANDRO E LEONARDO NA REDE BIROSKA       

Leandro e Leonardo começaram na Rede Biroska. A Lilian Gonçalves é pé quente. Com o falecimento prematuro do Leandro, Leonardo continua com muito sucesso sua carreira.

                

A partir do primeiro bar, a coestaduana de JK foi à luta e adquiriu diversas casas noturnas, quando formou a famosa Rede Biroska, que revelou uma legião de cantores, entre eles, Leandro e Leonardo, como também uma boa parte dos artistas brasileiros e até internacionais, que passaram e passam pela Rede Biroska. Além de toda a sua trajetória profissional e familiar bem-sucedida, consta no currículo da Rainha da Noite Brasileira o seguinte:                         

LILIAN GONÇALVES FOI ENTREVISTADA PELOS PRINCIPAIS COMUNICADORES DO BRASIL      

O jornalista Pedro Bial fez uma das mais belas entrevistas com a Rainha da Noite

 Presidente da Rede Biroska desde  1971; Recebeu o título de Rainha da Noite Paulistana pela extinta Revista Visão, em 1986; Pioneira em Casa Sertaneja na noite da Cidade de São Paulo; Inovou a noite de São Paulo; Implantou o sistema de comanda individual há mais de 50 anos; Idealizou o sistema de mesinhas de calçadas; Escreveu dois livros de grande repercussão nacional; Gravou seis discos de sucesso como cantora;  Participou como atriz de nove filmes de longa-metragem; Comandou quatro programas de sucesso na televisão; Criou o troféu Garçons e Garçonetes;  Foi enredo campeão da Escola de Samba Vai-Vai em 1996; Sua vida foi contada na Minissérie Global JK, de autoria de Maria Adelaide Amaral; Recebeu homenagem dos compositores Joel Marques, Paulo Massadas e Michael Sullivan; Única mulher da América Latina a comandar 20 casas noturnas (sem sócios) ao mesmo tempo.

Incansável, Lílian Gonçalves trabalha 365 dias por ano e 20 horas por dia. Recebeu mais de 500 troféus como empresária bem-sucedida; Capa de centenas de revistas de repercussão nacional e até no exterior, ao longo de sua trajetória.

Entrevistada pelos principais comunicadores do país, no auge da pandemia da Covid-19, Lilian teve que, infelizmente, despedir 450 funcionários, mas ainda assim a Rede Biroska continua de pé e funcionando a todo vapor com as seguintes casas na

Rua Canuto do Val, no bairro Santa Cecília em São Paulo-SP :                             

Bar do Nelson, Siga La Vaca, Frango Contudo e Japan Tower - culinária japonesa. Como se vê, a luta da menina esperta continua firme e forte.   

LILIAN HOMENAGEOU O PAI COM O BAR DO NELSON  

A Rainha da Noite homenageou seu pai Nelson Gonçalves, por meio da criação do Bar do Nelson, onde são divulgadas diariamente sua rica carreira musical. Nelson Gonçalves foi conhecido como o cantor das multidões e vendeu 79 milhões de discos. Ele também foi o cantor brasileiro que permaneceu mais tempo na mesma gravadora, a RCA Victor/BMG Brasil

  

 ENTREVISTA EXCLUSIVA PARA O JORNALISTA WALTER BRITO

Este repórter entre Lilian Gonçalves e a vice-presidente do Grupo Biroska, Carla Fiori, e o policial civil Marcílio Duarte, conhecido como Galo


A executiva do Grupo Biroska Carla Fiori e a Rainha da Noite são amigas inseparáveis

Tive o prazer de ser apresentado para a Rainha da Noite Brasileira pelo cartunista e publicitário Peron. Este trabalhou com os saudosos Chico Anísio e Ronald Golias. Ao ser apresentado para a afilhada de JK, conheci também a executiva Carla Fiori, braço direito da Lílian e vice-presidente do Grupo Biroska. A data do referido encontro foi muito movimentada na cidade de São Paulo, quando o presidente Bolsonaro colocou milhares de pessoas nas ruas da capital paulista, por meio de uma badalada motociata ocorrida no dia 12 de junho de 2021, com a participação especial do Deputado e Capitão Castello Branco (PSL-SP) que também é motoqueiro como seu amigo e contemporâneo no Exército Brasileiro Jair Bolsonaro. 

Nesse dia, Lilian nos recebeu no elegante salão do restaurante Japan Tower (culinária japonesa, de sua propriedade). Para entrevistá-la, Lilian nos ofereceu a mesa usada pelo comunicador Ratinho, do SBT, onde o artista gravou por um certo período seus programas veiculados na TV do Sílvio Santos. No início da entrevista, Lilian fez questão de enviar por meio do meu programa no YouTube, "Respeita Januário", um abraço para a minha amiga e cantora Márcia Ferreira, intérprete do sucesso "Chorando se foi". Indagamos a rainha da noite Lilian Gonçalves sobre as consequências da pandemia, quando ela foi dura na resposta, mas, apesar dos equívocos cometidos pelo governo de São Paulo, de março de 2020 para cá, ela argumentou com muita elegância e sabedoria da grande empresária que é: 

"O vaivém das restrições impostas pelo Governo de São Paulo nos prejudicou sobremaneira, pois com minhas casas fechadas eu tive que dispensar 450 funcionários, o que me fez ter um prejuízo enorme e perdi dinheiro como nunca ocorreu. Entretanto, como sempre trabalhei duro 365 dias por ano, mãos à obra. Eu nunca desisti de nada e continuo firme na luta por um Brasil melhor e próspero. 

Quanto à Rede Biroska, ela disse: 

"Grande parte dos artistas de sucesso passaram e passam por minhas casas. Leandro e Leonardo começaram aqui, quando a 3 M os lançou, e fizeram muito sucesso, merecidamente, pelos seus valores. Portanto, sou pé-quente, e quem passa por aqui costuma crescer. Fiquei muito sentida, quando o Leandro faleceu tão precocemente, mas Deus sabe o que faz", disse.  

O REI PELÉ NA VIDA DE LILIAN GONÇALVES    

A Rainha da Noite e o Atleta do Século são amigos de longa data. A mulher de fé ora pela recuperação plena da saúde do amigo, que marcou 1282 gols e é o brasileiro mais conhecido no mundo

  

Mais recentemente e por ocasião da última internação do Rei Pelé no Hospital Albert Einstein, quando o Atleta do Século fez uma cirurgia para retirar um tumor do cólon, a estrela da noite disse-me que esteve no hospital para visitar o Rei, mas como tinha restrições devido à pandemia, apenas deixou uma mensagem para ser entregue ao amigo de longa data. "Eu gosto muito do Pelé, é meu grande amigo e estou orando por sua recuperação plena", afirmou. 

Vale lembrar que, certa vez, Pelé estava dando uma entrevista em Nova York para jornalistas do mundo inteiro, quando o filho de seu Dondinho e de dona Celeste ficou sabendo que Lílian Gonçalves estava nas proximidades, e ele imediatamente mandou chamá-la para ficar próximo dele, o homem de 1282 gols.                                           


O DEPUTADO ESTADUAL CASTELLO BRANCO DIZ QUE LILIAN VENCEU A PANDEMIA        

Deputado Estadual Castello Branco diz que Lilian venceu a pandemia

                                

O Deputado Estadual Castello Branco (PSL-SP) fez questão de falar para a reportagem sobre Lílian Gonçalves:

 "A minha querida amiga Lílian Gonçalves é uma guerreira por excelência, é um exemplo de lutas, resistência, conquistas e vitórias. A administração da pandemia de São Paulo foi mal-conduzida pelo governo do Estado e prejudicou de uma forma muito forte nossa economia, especialmente as empresas que dependem da presença das pessoas, portanto, no que diz respeito a bares e restaurantes, os que sobreviveram como a Lílian, ainda vão ter que lutar por muito tempo para a recuperação do que perderam. O Estado de São Paulo é muito rico, e o nosso PIB na casa de U$ 603,4 bilhões supera países como Argentina, Bélgica, Suécia, Polônia, Áustria, entre outros. Por isso, apesar do erro crasso do governo, a tendência é nossa recuperação. Empreendedores como a Lílian Gonçalves são raros, por isso, pela sua história de vida, ela simboliza a mulher que venceu a Pandemia no Brasil", completou Castello Branco.   

Lilian Gonçalves e Anaíde Beiriz  representam o avanço da mulher brasileira em duas épocas diferentes. Anaíde quebrou tabus e contribuiu com o histórico dia 24 de fevereiro de 1932, quando é celebrada a conquista do voto feminino. Lilian é uma referência forte do empreendedorismo feminino. Além de ter enfrentado e vencido as consequências da pandemia, ela é a Rainha da Noite Nacional, o que sempre fora dominado pelo sexo masculino

                                        

Quando citamos Anaíde Beiriz no início da matéria, não foi por acaso, pois a paraibana, nascida em 1905, inspirou muitas mulheres e, tal qual Lílian Gonçalves, a paraibana venceu um concurso de beleza em João Pessoa em 1925, aos 20 anos de idade, num tempo em que a mulher nem sequer votava.  

Lílian comprou um bar aos 17 anos, numa época em que mulher frequentar um bar em São Paulo era coisa do outro mundo. Apesar de muito feminina, bela, atraente, charmosa e vaidosa, inclusive disputada por poderosos daquele período da história paraibana e do Brasil, como João Pessoa e João Dantas, ela excluiu de seu coração o homem que deu nome à capital de seu Estado e preferiu o João Dantas. Ainda assim, e por sua capacidade de superação e força para impor o que pensava, Anaíde passou para a história como Mulher Macho, o que inspirou Luiz Gonzaga a compor: "Paraíba Masculina, Mulher Macho Sim Senhor", enquanto que a cineasta Tizuka Yamasaky tornou - a eternamente conhecida, por meio do filme “Mulher Macho” em 1983.   

O charme, a beleza, o requinte, a elegância, a sabedoria e a vaidade da menina esperta fizeram muitos sinhozinhos ficarem na esperança de um affaire com a Rainha da Noite, que preferiu ajudar a economia do Brasil a se reerguer 50 anos em 5, conforme o seu descobridor e padrinho Juscelino Kubitschek de Oliveira, possibilitando que o Brasil crescesse 50 anos em apenas 5 anos de administração.

Próximo
Esse é o post mais recente
Postagem mais antiga

4 comentários:

  1. Belo texto de vida e real emocionante, acontecimentos em épocas diferentes com culturas a desejar, enfrentar conceitos e pré.
    Parabéns vitoriosa DAMA da noite transformou-se EM RAINHA Lilian Gonçalves. 👸🙌

    ResponderExcluir
  2. Rainha com coroa, ou sem coroa, sempre é rainha. Lilian Gonçalves, meus agradecimento por dar emprego,laser e abrilhantar noites paulistanas. Às luzes de São Paulo, começa na rua Canuto do Val.onde às estrelas brilham mais forte. Dr.Carlos Alberto Augusto (carteira preta)

    ResponderExcluir
  3. Emocionante a vida dessa guerreira.

    ResponderExcluir
  4. Emocionante história de vida 👏👏 ...
    Senhor WALTER parabéns pelo trabalho

    ResponderExcluir